Tradução (Translate)

terça-feira, 29 de agosto de 2017

O BENFICA TEM DE DEIXAR DE INVESTIR EM JOGADORES COM ESTAS CARACTERISTICAS


No dia 20 Agosto escrevi aqui no blog que... "Parece-me evidente que o Benfica também tem de repensar a sua política de contratações, o historial de lesões dos atletas deveria de ser uma referência muito importante na contratação de jogadores para o Benfica, mas com o passar dos anos continuo a ver atletas com um longo historial de lesões a serem contratados pelo Benfica..."

Ora bem, esta manhã fui surpreendido com a contratação do lateral-direito Paolo Medina, um jovem atleta que já foi nomeado para o prémio Golden Boy e que chega como jogador livre ao Benfica, tendo sido o Real Madrid o seu último clube. Fiquei curioso porque razão o Real Madrid não renovou contrato com esta suposta esperança do futebol internacional e encontrei isto...
"Según informó la cadena ESPN, el equipo de Madrid habría confirmado la desvinculación de la promesa azteca. Medina no tuvo la mejor temporada en el último años futbolístico pues, aunque su equipo logró el campeonato nacional juvenil, sufrió de lesiones, razón por la que no tuvo la actividad esperada."
Jornal AS

Agora estou a ser bombardeado pela comunicação social com a forte possibilidade de Douglas vir jogar para o Benfica proveniente do Barcelona e mais uma vez fui investigar um pouco sobre o historial de lesões do jogador e encontrei isto...
"Em duas temporadas no Barcelona, Douglas enfrentou uma série de lesões e, sem espaço, disputou apenas oito partidas, três como titular, sem ter feito gol. Na última, pelo Sporting Gijón, o lateral-direito voltou a se lesionar, só que menos do que no Barça: foram 23 jogos, 21 como titular, e três gols marcados."

Assim sendo vou repetir as minhas palavras... com os já graves problemas de lesões que o plantel do Benfica apresenta, principalmente em atletas com constantes lesões ao longo das temporadas que representam o Benfica como Júlio César, Jardel, Grimaldo, Fejsa, Filipe Augusto, Zivkovic e Salvio, o Benfica tem de repensar urgentemente na sua política de contratações, o historial de lesões dos atletas deveria de ser uma referência muito importante na contratação de jogadores para o clube que deve imediatamente deixar de investir milhões de euros em passes e salários de atletas com vasto historial de problemas físicos... fica o aviso, depois não digam que é o azar e que é caricato como os jogadores se lesionam!

2 comentários:

  1. caro Papoila Saltitante...realmente "ja cheira mal" tantas lesoes no slb,mas isto ja vem dos anos anteriores...sera que ao contratar seja quem for para a equipe,a equipe que lhe faz os exames nao detecta as lesoes que eles trazem?antes das contratacoes sera que nao veem os seus curriculum desportivo,sobre lesoes etc.etc.com tantas lesoes as probalidades do Penta torna-se dificil...
    A.Macedo

    ResponderEliminar
  2. É curiosa esta matéria.. algo que só mesmo os especialistas para poderem opinar. No entanto o que tenho lido contribui para ajudar a optar pela contratação de um jogador. A verdade é esta. Há jogadores que são mais propensos a lesões do que outros. Ainda assim existem outros factores que contribuem para sejamos mais ou menos propensos a lesões. Descanso. Saídas há noite (que não vejo problema algum desde que tenham o devido descanso), alimentação, preparação física, que contribui para estarmos mais preparados para não contrairmos uma lesão, no entanto esforço a mais ou a menos pode ter efeito oposto, o historial de lesões, e devem existir umas quantas mais razões para prevenir lesões e identificar pessoas mais propensas a lesões. A verdade é que quando jogava à bola em miúdo, mandavam-nos arranjar os dentes. Mais tarde, uma transferência dum jogador dos corruptos para o AC Milão gorou-se devido à dentição deste. Acho que a transferência ia ser de 15M e deu-se pelos mesmos 15M para o Lyon. Foi um que estava no Setubal e comprado por 300 mil €. Sissoko. Acho q é assim.
    Isto para dizer que são muitos os factores para as lesões mas creio que dá para arriscar. Tantos milhões é que já não arriscava.
    O Ronaldo o fenómeno foi um desses casos.

    ResponderEliminar